Download PDF
Back to stories list

Por que é que os hipopótamos não têm cabelo Por que é que os hipopótamos não têm cabelo

Written by Basilio Gimo, David Ker

Illustrated by Carol Liddiment

Translated by Little Zebra Books, Priscilla Freitas de Oliveira

Read by Alfredo Ferreira

Language português

Level Level 2

Narrate full story

Reading speed

Autoplay story


Um dia, o Coelho estava andando à beira do rio.

Um dia, o Coelho estava andando à beira do rio.


A Hipopótama também estava lá, estava passeando e comendo um pouco da agradável grama verde.

A Hipopótama também estava lá, estava passeando e comendo um pouco da agradável grama verde.


A Hipopótama não viu que o Coelho estava lá e por isso pisou acidentalmente no pé do Coelho. O Coelho deu um grito e começou a berrar para Hipopótama: “Tu Hipopótama! Não consegue ver que você está pisando no meu pé?”

A Hipopótama não viu que o Coelho estava lá e por isso pisou acidentalmente no pé do Coelho. O Coelho deu um grito e começou a berrar para Hipopótama: “Tu Hipopótama! Não consegue ver que você está pisando no meu pé?”


A Hipopótama pediu desculpas para o Coelho, “Sinto muito, meu amigo. Eu não vi você. Por favor me perdoa!” Mas o Coelho não ouviu, e gritou para a Hipopótama: “Você fez isso de propósito! Um dia, você vai ver! Vai me pagar!”

A Hipopótama pediu desculpas para o Coelho, “Sinto muito, meu amigo. Eu não vi você. Por favor me perdoa!” Mas o Coelho não ouviu, e gritou para a Hipopótama: “Você fez isso de propósito! Um dia, você vai ver! Vai me pagar!”


Então o Coelho foi procurar o Fogo e disse: “Vai, e queima a Hipopótama quando ela sair da água para comer grama. Ela pisou em mim!” Então o fogo respondeu: “Sem problemas, Coelho meu amigo. Eu vou fazer o que Você pediu.”

Então o Coelho foi procurar o Fogo e disse: “Vai, e queima a Hipopótama quando ela sair da água para comer grama. Ela pisou em mim!” Então o fogo respondeu: “Sem problemas, Coelho meu amigo. Eu vou fazer o que Você pediu.”


Mais tarde a Hipopótama estava comendo grama longe do rio quando “zás!” As chamas do fogo começaram a queimar todo o cabelo da Hipopótama.

Mais tarde a Hipopótama estava comendo grama longe do rio quando “zás!” As chamas do fogo começaram a queimar todo o cabelo da Hipopótama.


A Hipopótama começou a chorar e correu para a água. Todo o cabelo dela foi queimado pelo fogo. A Hipopótama não parava de chorar: “O meu cabelo foi queimado pelo fogo! Você comeu todo o meu cabelo! O meu cabelo desapareceu! O meu bonito bonito cabelo!”

A Hipopótama começou a chorar e correu para a água. Todo o cabelo dela foi queimado pelo fogo. A Hipopótama não parava de chorar: “O meu cabelo foi queimado pelo fogo! Você comeu todo o meu cabelo! O meu cabelo desapareceu! O meu bonito bonito cabelo!”


É por isso que a Hipopótama nunca vai para muito longe da água, com medo de ficar queimada pelo fogo. O Coelho ficou muito feliz quando a Hipopótama foi queimada pelo fogo, dizendo: “Me vinguei”.

É por isso que a Hipopótama nunca vai para muito longe da água, com medo de ficar queimada pelo fogo. O Coelho ficou muito feliz quando a Hipopótama foi queimada pelo fogo, dizendo: “Me vinguei”.


Written by: Basilio Gimo, David Ker
Illustrated by: Carol Liddiment
Translated by: Little Zebra Books, Priscilla Freitas de Oliveira
Read by: Alfredo Ferreira
Language: português
Level: Level 2
Source: Why hippos have no hair from African Storybook
Creative Commons License
This work is licensed under a Creative Commons Atribuição 3.0 Não Adaptada.
Options
Back to stories list Download PDF